opinião

Fábio Alex Kuhn

Fábio Alex Kuhn

Jornalista

Colunista sobre turismo.

O Vale que me leva: Morro da Carapuça

Por

Bora se aventurar no Morro da Carapuça?

Meu amigo Brian Dias, da Off Aventura, me convidou (desafiou) pra um rapel em Taquari. Aceitei, óbvio. Fazia tempo que não testava minha coragem!

Quem não conhece rapel, pode achar que é coisa de louco. Mas eu argumento. Descer um morro pendurado na corda, se feito com um grupo responsa, é mais seguro que andar de moto em rodovias por aí. E olha que faço as duas coisas. Falo com experiência.

Rapel confunde no início. Você precisa usar a mão para frear a corda atrás do corpo, enquanto teu bom senso te manda segurar a corda na frente. Depois que se acostuma com isso, é só curtir a vibe.

Além da adrenalina, bom do rapel são os picos que se conhece. Exemplo é o Morro da Carapuça com seus 264 metros. De lá se tem uma vista panorâmica do centro de Taquari e arredores. Detalhe para um pinheiro solitário na encosta do morro que dá ar instagramável pro local.

O ponto turístico fica na comunidade de Amoras, uns seis quilômetros do trevo de Taquari, na RSC-287. Para chegar é preciso passar pelas terras do seu Carlos Martins.

Ao cesso está na esquerda de quem vem no sentido Taquari/Venâncio Aires. Fica ao lado de uma placa de parada de ônibus, sem a parada. Outra dica para encontrar o acesso é se guiar pelas torres instaladas no topo do morro.

O Morro da Carapuça está localizado em Taquari, na microrregião histórica do Vale do Taquari. Quer saber mais? Dá uma olhada no guia Vales e Montanhas (VEM), que lá eles falam também da Toca Ventosa, ponto turístico das proximidades.

Precisa fazer trilha? Dá pra ir de carro até o topo, mas judia. A estrada de chão com cerca de três quilômetros tem pedras soltas e trajetos bem íngremes. Para quem gosta, caminhar é uma boa opção.

Tem infraestrutura? Nada. Só você e a natureza. Por isso, se for levar comida e bebida, lembre-se de trazer de volta o lixo.

Tem custo? Zero reais. Até assistir filme na Netflix é mais caro. Então, bora conhecer o vale.

bravo