Meu Xodó

A paixão pelo Honda Civic Si

Encontro em Torres reuniu donos de modelos do carro

Por

A paixão pelo Honda Civic Si

“Sempre fui fissurado nesse carro, desde o seu lançamento.” É assim que Gustavo Titello Orlandi, 22, explica a sua história com o Honda Civic Si. Natural de Progresso, é apaixonado pelo seu modelo ano 2010.
A paixão pelo carro iniciou em 2015, quando um amigo o levou para dar uma volta com o seu Civic. “Fiquei extasiado, o carro era simplesmente fantástico. Nesse momento eu vi que eu precisava de um desses”, conta Orlandi. Entretanto, havia uma barreira. Sua mãe não queria que ele comprasse um carro tão rápido. “Ela sempre foi contra o fato de eu ter um.”
Em 2018, depois de ir para um trackday em Guaporé, o sentimento aflorou. Conversa vai, conversa vem, e Gustavo comprou o seu Civic. Um modelo ano 2008 na cor prata. Em pouco tempo com o carro, se acidentou e deu perda total no veículo. “A tristeza me consumiu naquele momento.”
O acidente não foi suficiente para que Orlandi desistisse do seu sonho de ter um Honda Civic, então, pouco tempo depois, comprou um novo carro, dessa vez mais novo, modelo ano 2010. Agora, está com o carro já faz um ano e três meses. “Sou apaixonado por esse carro, que já me fez conhecer muita gente legal. Já fiz muitas amizades devido a ele.”
Para o proprietário, o melhor do carro é na pista. “Ali ele mostra para que foi criado”, diz. “O carro é um projeto fantástico, que mesmo com dez anos de idade não perde a sua essência e estilo de pilotagem, focado em quem é amante de automobilismo.”

Encontro em Torres

Recentemente, Gustavo esteve em um encontro de Civic Si na cidade de Torres. Na ocasião, foram reunidos 43 modelos do veículo. “A ideia do evento não era apenas reunir os carros, mas sim pegar a estrada com a galera, sentir o prazer em estar guiando.”

bravo