Lajeado

Escolas municipais de Lajeado recebem 32 mil novos livros

Os livros voltados à educação infantil, pré-alfabetização, ensino fundamental e infanto-juvenil

Por

Escolas municipais de Lajeado recebem 32 mil novos livros

Alunos da rede municipal de ensino começam o ano letivo de 2020 com novos livros que estarão à disposição nas bibliotecas das escolas municipais. Nesta quinta-feira, dia 26, cerca de 32 mil livros, que foram adquiridos pela Prefeitura de Lajeado pela Secretaria da Educação (SED), foram distribuídos em todas as instituições por Tribos Editora e Distribuidora e Só Letrinhas Editora e Distribuidora, empresas vencedoras da licitação.

Para marcar a entrega, um ato simbólico ocorreu em frente à Secretaria da Educação, na rua Borges de Medeiros, reunindo representantes das empresas e da Secretaria. Ao todo, cinco vans carregadas com caixas de livros saíram da SED com destino às 18 Escolas de Ensino Fundamental (EMEFs) e às 23 Escolas de Educação Infantil (EMEIs) de Lajeado.

De acordo com a diretora da SED, Lisandra Persch, os livros voltados à educação infantil, pré-alfabetização, ensino fundamental e infanto-juvenil foram escolhidos pela pasta e destinados para as escolas de acordo com as faixas etárias que atendem.

“No ano que vem, as bibliotecas das escolas estarão ainda mais atrativas para os alunos, recebendo obras atualizadas. Além de ampliar o acervo, esta aquisição também contribuirá com os projetos voltados à literatura, na formação de novos leitores e também, no incentivo à leitura, refletindo assim na qualidade do nosso ensino”, destacou Lisandra.

A EMEI Criança Esperança, do bairro Conservas, foi uma das primeiras a ser contemplada. “A literatura infantil perpassa todo o desenvolvimento da criança. Por meio dela, os alunos constroem um mundo mágico, da descoberta, desenvolvem a criatividade, a oralidade e conseguem ampliar os seus horizontes. É uma série de conteúdos e habilidades que podemos desenvolver com as crianças a partir dos livros”, destacou a coordenadora pedagógica da EMEI Criança Esperança, Izabel Cristina Schneider.

“Além dos contos tradicionais, podemos trabalhar outras questões, como sentimentos e comportamentos. Ficamos bem contentes e acredito que os livros contribuirão bastante no nosso trabalho com os alunos”, disse a professora Marta Cristina Dalpiaz König.

Já na EMEF Capitão Felipe Dieter, a diretora Jeanine Auler comemora a chegada dos cerca de 800 novos exemplares. “É com muita satisfação e alegria que recebemos essas obras que nos auxiliarão no processo de ensino-aprendizagem. As obras estão atrativas, coloridas e com histórias fantásticas, o que desperta nos alunos ainda mais o gosto pela leitura”, ressaltou Jeanine.

Os seis Projetos Vida também serão contemplados com as obras no início de 2020. O investimento da Secretaria da Educação nas aquisições foi de R$ 761.248,00.

bravo