CRUZAMENTO POLÊMICO

Reorganização de trânsito em rua de acesso à BR preocupa moradores de Conventos

Veículos que sobem pela rua Arno Eckhardt precisam parar em uma subida de difícil trafegabilidade. Valetas também geram críticas

Por

Reorganização de trânsito em rua de acesso à BR preocupa moradores de Conventos
Placa foi trocada de rua em 2019 e irritou moradores, que apontam problemas e dificuldades de trafegabilidade. Créditos: Mateus Souza

Asfaltada recentemente em uma parceria do governo municipal com uma construtora da cidade, a rua Arnoldo Alfredo Scherer, em Conventos, tornou-se uma importante via secundária de ligação entre o bairro e a BR-386. Só que a mudança de trecho preferencial no cruzamento com a rua Arno Eckhardt causou descontentamento de moradores.

Conforme o aposentado Dorval Doeber, 63, historicamente a Arno Eckhardt, onde reside desde a infância, era a via mais utilizada por motoristas e o trecho sempre foi preferencial em toda a sua extensão, desde a ERS-421 até a rodovia federal. “Só que, no ano passado, mudaram isso e colocaram as placas de Pare naquele cruzamento”, lembra.

Para Doeber, a medida trouxe prejuízos para quem costuma utilizar o trajeto, principalmente para veículos pesados. “Quem tem um caminhão e entra pela BR precisa parar numa subida ainda em chão batido. E depois, para arrancar de novo, é bem complicado. Quem fez essa mudança não tem conhecimento do trecho”, comenta.

Quebra-molas

Proprietário de um estabelecimento comercial situado no cruzamento entre as duas ruas, Rogério Luis Sertório, também não concorda com a mudança.

“Não somos contra o asfalto da Arnoldo Scherer, que ficou muito bom. Mas poderiam colocar dois quebra molas aqui na rua. Tenho medo que um carro se perca e venha parar aqui. Chega a voar brita no bar”, salienta.

Doeber acredita que o problema poderia ser amenizado se o governo colocasse asfalto na subida da Arno Eckhardt, retendo as britas e facilitando o tráfego de veículos pesados que se deslocam em direção a Conventos.

Outros problemas

Doeber se criou no bairro Conventos. E diz que nunca houve uma possibilidade concreta de asfaltamento da rua onde reside. Nos últimos meses, com a construção de uma nova rede de água, valetas surgiram no trajeto. “Precisamos de um olhar mais atento do governo. Quando chove, fica terrível”, lamenta.

bravo